Entregue e aprovado!

Phd_defesa

“Aprovado com distinção e por unanimidade!”

Foi com estas palavras que se concluiu uma importante fase da minha vida. Aliciante, estimulante, desafiadora, mas também extenuante e exigente, são alguns dos adjectivos que usaria para descrever o percurso que tracei ao longo deste período em que procurei estudar e investigar a possibilidade de utilização de uma norma de gestão de colecções, o SPECTRUM, pelos museus portugueses, através da sua tradução e adaptação, da sua aplicação num contexto prático (estudando o caso do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra) e, finalmente, criando com a Sistemas do Futuro uma aplicação compatível com essa norma que facilite a sua utilização e disseminação pelos museus. Espero que o resultado possa ser útil aos museus e a todos os seus profissionais que se dedicam à gestão das colecções. No entanto, como todo o fim é o começo de algo novo, em breve trarei aqui notícias de futuros projectos que o desenvolvimento deste trabalho proporcionou e que serão, na minha perspectiva, importantes para a utilização das colecções dos nossos museus.

No entanto, queria aproveitar uma vez mais para deixar aqui expresso o devido reconhecimento e agradecimento a todos os colegas, amigos, família, professores e instituições que de alguma forma contribuíram para este momento.

Desde logo ao Prof. Doutor Pedro Casaleiro e à Prof.ª Doutora Marta Lourenço, arguentes da tese, pelos elogios, questões e, acima de tudo, importantes reparos, que procurarei incorporar na versão final (com correcções) de acordo com as sugestões feitas. Foi um privilégio para mim poder ser avaliado por duas pessoas com um percurso académico e profissional de excelência como é o do Prof. Pedro Casaleiro e da Prof.ª Marta Lourenço.

Um segundo cumprimento é devido ao meu caro amigo (perdoar-me-à a quebra da formalidade) Rui Centeno, meu orientador no mestrado e agora, pelo importante contributo científico que deu ao meu trabalho e, acima de tudo, por estar sempre presente quando necessário. Foi um suporte essencial para este percurso, obrigado. Terá sempre aqui um amigo disponível.

Um agradecimento é também devido ao Prof. Doutor Gonçalo Vilas-Boas, presidente do júri, pelos cumprimentos e elogios.

Ao Prof. Armando Coelho um agradecimento enorme pelo apoio que sempre foi para mim e, especialmente, pela dedicação que entregou sempre ao curso de Museologia. Todos os que lá passamos devemos-lhe essa homenagem.

À Prof. Alice Semedo o agradecimento pelo elogio que fez a mim e ao trabalho que apresentei, o qual me deixou muito sensibilizado, mas principalmente pelo papel importante que a Alice desempenhou (desempenha) enquanto professora do curso de museologia. Já tive a oportunidade de escrever num agradecimento que uma importante parte do trabalho que defendi na segunda-feira a ela se deve. Obrigado.

Ao Museu da Ciência da Universidade de Coimbra e à Sistemas do Futuro é devido um enorme agradecimento por terem, enquanto instituições relevantes no panorama português, acreditado e apoiado este projecto mesmo na fase difícil que o país atravessa.

Ao Prof. Paulo Gama Mota, director do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, um agradecimento especial, por acreditar que este projecto e o SPECTRUM poderão ser importantes para o desenvolvimento do museu e por ter colocado à minha disposição tudo o que foi preciso para a execução do trabalho.

Ao meu amigo Fernando Cabral, director da Sistemas do Futuro, por ter acreditado neste projecto desde 2008 e por incentivar sempre a procura de conhecimento. É a ele que se devo agradecer, antes de mais, todos os recursos que tive à minha disposição neste projecto e também o investimento que a empresa faz em mim e neste projecto. Obrigado, meu caro, terá sempre aqui um amigo para o que der e vier.

Aos meus amigos Natália, Sónia, Maria, António, Hugo, Armindo e Adão um agradecimento por me terem aturado diariamente ao longo destes anos e pelo vosso importante contributo (directo e indirecto) para a conclusão deste trabalho. Espero conseguir retribuir da mesma medida.

À Collections Trust, em especial ao Nick Poole, ao Gordon McKenna, à Alex Dawson e à Susanna Hillhouse por terem acreditado que este era um projecto interessante e confiarem em mim para a sua execução.

À Fundação para a Ciência e Tecnologia que apoiou financeiramente este projecto através do programa de bolsas de doutoramento em empresa um reconhecimento especial e os votos para que possa continuar apoiar, na área dos museus e património, projectos feitos em parceria com as empresas do sector.

A todos os colegas e professores com quem aprendi e continuarei a aprender, com um especial carinho pelos que puderam estar presentes fisicamente, um enorme obrigado pela vossa força e ensinamentos.

Uma vez mais a todos os amigos, com uma particular dedicatória a todos os que atravessam momentos mais difíceis, com a esperança que sejam momentos que acabem brevemente, fica aqui o meu agradecimento pelos parabéns em forma de mensagem, redes sociais, telefonemas, etc. e também o reconhecimento do papel importante que vocês desempenham na minha vida. À Zé um obrigado especial não só pelos km que fez para estar presente, mas pelo bloco de notas em branco…

Aos meus pais e irmãos um beijo do tamanho do mundo. Nada do que possa fazer é agradecimento suficiente para o que vocês me deram e continuam a dar.

Aos meus sogros, cunhados, cunhadas e sobrinho um beijo muito especial por estarem sempre presentes e serem um apoio sem igual.

À minha mulher, para quem devem ir todos os elogios feitos à clareza e rigor da escrita, o maior dos agradecimentos. Sem ti não era mesmo possível. Obrigado por TUDO!

À Inês e ao João fica a dedicatória deste trabalho por terem sido cúmplices deste projecto com os mimos e amor que o tornaram possível.

Obrigado por tudo e agora vamos em frente que atrás vem gente!

Nota: Assim que tiver a tese publicada (no repositório da UP) aviso e coloco o link.