Uma dúvida?

Sabendo eu que há alguns casos como o que é noticiado pelo Público hoje, o que fariam vocês se fizessem parte das colecções do vosso museu peças que, comprovadamente, pertenceram a alguém a quem as tivessem roubado?

Entregavam sem questões? Sabiam como elas chegaram ao Museu? Têm um documento que atesta a propriedade legal de todos os vossos objectos? Ou simplesmente acham que isso nunca poderia acontecer no vosso museu?

Que vos parece? Comentem abaixo.

Imagem: © AP via Público.