Tags

Related Posts

Share This

Museo de la Cultura del Vino – La Rioja

É muito fácil chegar à província espanhola de La Rioja. Saímos por Vilar Formoso em direcção a Salamanca, depois Valladolid, Burgos e, finalmente, em direcção a Logroño, mas ficamo-nos a uns 30km desta localidade numa pequena povoação que se chama Briones. As Bodegas (caves) Dinastia Vivanco ficam mesmo à saída, em direcção a Logroño, desta pequena e lindíssima vila e são responsáveis por um dos melhores museus de empresa que eu já vi.

O tema do museu não se limita à produção do vinho da Rioja (um dos melhores de Espanha), mas tem como objectivo falar sobre a cultura do vinho de uma forma universal. Claro que uma grande parte deste objectivo é conseguido à custa de objectos e da cultura vinícola da região, mas não deixamos de encontrar as referências aos melhores museus e regiões vinícolas do mundo no percurso do museu. O Douro e Alentejo, a par da Califórnia e África do Sul são algumas das que aparecem mencionadas ao longo do percurso. A organização do museu, talvez por se tratar de uma instituição privada, é irrepreensível. A mensagem inerente ao museu é transmitida de uma forma simples… desde o processo de plantação da vinha, das espécies (castas) utilizadas, passando para a produção do vinho e para a sua degustação final e fazendo as associações devidas à mitologia e rituais associados ao néctar dos deuses. A colecção de “sacacorchos” (sacarolhas) é simplesmente fenomenal. No próprio site do museu, são descritos os vários momentos de organização da exposição permanente e eu aconselho-os a uma visita… primeiro virtual, mas nunca esquecendo a visita real, porque por enquanto ainda não nos é possível saborear um bom reserva de 2001 pela net.

Se precisarem de ajuda a lá chegar sempre podem seguir este mapa a partir do Porto.