Tags

Related Posts

Share This

Acesso remoto aos Sistemas de Gestão de Coleções – inquérito

Inspirado pela ideia da Collections Trust que resultou neste artigo, lembrei-me de fazer um breve inquérito para com a ajuda dos meus amigos e colegas que trabalham, ou melhor teletrabalham, em casa através do Sistema de Gestão de Coleções dos seus museus, identificar os principais problemas (ou ausência deles) no acesso às ferramentas digitais de gestão dos bens museológicos.

Este inquérito pretende, com apenas cinco minutos da vossa atenção, reunir informação que possa ajudar a solucionar os problemas identificados durante esta pandemia, evitando a sua repetição noutros contextos em que o teletrabalho possa ser necessário ou mais eficiente.

Procuro respostas sobre a forma como acedem aos dados das coleções dos museus/instituições onde trabalham/colaboram e sobre as dificuldades que têm ou tiveram na obtenção desse acesso. Não se pretende respostas definitivas e muito menos resolver problemas específicos neste momento, mas sim obter dados que nos permitam olhar para situações futuras com mais e melhor informação disponível, que permitam decisões mais informadas sobre a aplicação do teletrabalho na gestão da informação sobre as coleções museológicas.

Posso contar com o vosso tempo? Prometo que escreverei aqui no Mouseion sobre os resultados (que serão mantidos completamente anónimos, obviamente).