Publicado no reposit...

Tinha prometido aqui e como gosto de cumprir as minhas promessas aqui fica o link para o repositório da Universidade do Porto com a minha tese de doutoramento. Alerto que não se encontra disponível (ainda) o documento relativo aos anexos, devido a uma situação que já comuniquei à secretaria...

Webinar BAD – ...

Para os meus amigos que possam estar interessados em ouvir-me sobre o SPECTRUM, apresentarei um webinar* (ver restante programa de webinars da BAD aqui) no dia 19 de Novembro, das 21:30 às 22:30, onde procurarei explicar melhor a norma e a sua implementação na gestão dos museus e das suas...

OPENCULTURE 2013

Eu podia voltar a Londres todos os meses. Gosto da cidade, da forma como recebem os de fora, da vivência que os londrinos têm do espaço público e a oferta cultural da cidade é realmente infindável. Embora não o possa fazer todos os meses, tenho a felicidade de a visitar, normalmente a trabalho, de vez em quando. Desta feita o motivo foi a conferência sobre Colecções organizada anualmente pela Collections Trust, a OPENCULTURE. A Collections Trust, conforme saberão, é a instituição que substituiu a (mais conhecida entre nós) Museum Documentation Association, entidade que foi a responsável pelo nascimento da norma SPECTRUM e pelo seu...

Documentação Museológica – Formação

Um post de alerta (um pouco tardio, desculpem-me) para a continuação do excelente programa de formação que o CIDOC tem vindo a organizar, em parceria com o Museu da Texas Tech University, sobre documentação de museus e que agora dá continuidade através de uma parceria com a Secretaria da Cultura do Estado de S. Paulo, o Museu da Imigração, a Pinacoteca de S. Paulo e o Centro Universitário de Belas Artes de S. Paulo, com a realização do Programa de Treinamento ICOM – CIDOC dedicado ao tema “Documentação Museológica, Princípios e Prática”, o qual se irá realizar em São Paulo de 4 a 9 de Agosto. Toda a informação sobre esta...

Entregue e aprovado!

“Aprovado com distinção e por unanimidade!” Foi com estas palavras que se concluiu uma importante fase da minha vida. Aliciante, estimulante, desafiadora, mas também extenuante e exigente, são alguns dos adjectivos que usaria para descrever o percurso que tracei ao longo deste período em que procurei estudar e investigar a possibilidade de utilização de uma norma de gestão de colecções, o SPECTRUM, pelos museus portugueses, através da sua tradução e adaptação, da sua aplicação num contexto prático (estudando o caso do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra) e, finalmente, criando com a Sistemas do Futuro uma aplicação...