Da dificuldade das c...

“Felizmente, eu nunca fui convidado para ocupar cargos de direcção e isso significa que fui sempre livre de dizer o que penso.” Felizmente? Isto não é profundamente preocupante? As preocupações e questões levantadas neste muito interessante post do Musing on Culture deviam...

We are more

Acabei de assinar online e não podia deixar de divulgar aqui a carta do movimento Act for Culture in Europe aos líderes da UE e Governos nacionais. Aqui fica: Letter to EU Heads of State and Governments On the occasion of the EU Summit on 7-8 February 2013   The national leaders of all...

Grandes opções do plano para a Cultura (2012-2015) Jan08

Grandes opções do pl...

Através do Pportodosmuseus soube hoje das grandes opções do plano (as minúsculas são propositadas) que o Governo apresenta para o triénio 2012-2015 para a área da Cultura. Depois de ler atentamente o que é escrito na proposta de lei 31/XII voltei ao ponto 5.11 e reli: Nos próximos anos é...

Programa do XIX Governo para a Cultura Jun29

Programa do XIX Governo para a Cultura

A alteração de estatuto (perda de estatuto segundo a opinião de alguns) da Cultura no XIX Governo de Portugal aguçou-me a curiosidade sobre o programa de governo para os próximos 4 anos nesta área. Seria assim tão limitado? Algo escrito apenas para cumprir o propósito de a Cultura não passar esquecida num documento com esta importância? Qual seria o peso da Cultura em termos relativos no novo formato? E, finalmente o mais importante, que ideias, estratégias, medidas estavam ali mencionadas? Estas dúvidas foram similares às que tive quando da tomada de posse do anterior governo e que me fizeram ler o então programa do XVIII Governo...

Ainda a extinção do Ministério da Cultura Mai26

Ainda a extinção do ...

E uma frase de Augusto Mateus que resume o meu sentimento de indiferença em relação à continuidade do Ministério: Devemos é pensar na Cultura “com”: com outras áreas que valorizem o conhecimento, com sectores que promovam a criatividade, com políticas bem definidas. Em Portugal discutimos...