O catálogo da biblioteca de Alexandria

A biblioteca de Alexandria era um dos mais importantes centros de conhecimento da antiguidade, guardava mais de meio milhão de livros e a sua destruição súbita pelo fogo representou um enorme retrocesso civilizacional. Ou talvez não. Talvez não houvesse só uma biblioteca em Alexandria, mas várias. Talvez meio milhão de obras seja um exagero, considerando o que sabemos e estimamos sobre o número de autores na antiguidade. Talvez o desaparecimento da biblioteca se deva a um processo de decadência com múltiplas causas e não a um único acontecimento catastrófico. Talvez o conteúdo da biblioteca importasse muito pouco para a evolução subsequente...

Workshop SPECTRUM e ...

No seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido no SPECTRUM PT estamos a preparar um conjunto de workshops e apresentações da norma SPECTRUM, em parceria com um conjunto de instituições, para faciliar a divulgação e utilização da norma no contexto português e brasileiro. Esta...

5 motivos para ser m...

Este ano, segundo as vinhetas que estão na parte de trás do meu cartão do ICOM, faz 12 anos que sou membro desta organização filiada da UNESCO que reúne mais de 35.000 membros entre instituições e profissionais de museus de 136 países/territórios, que conta com 119 comités nacionais e 30...

Apresentação do CIDO...

O ICOM Portugal e o Museu de Lisboa estão a organizar uma sessão de apresentação do Comité Internacional para a Documentação do ICOM, o CIDOC, que terá lugar no Museu de Lisboa – Palácio Pimenta (antigo Museu da Cidade para os mais distraídos), no próximo dia 22 de Maio. A apresentação...

Nick is leaving the building

I met Nick Poole few years ago in Athens. We were at a CIDOC conference (my first time at CIDOC) which turned out to be special because it defined some important professional and academic issues that were worrying me at that time. Nick was there to present, as CEO of Collections Trust, the internationalisation project of SPECTRUM (the collections management standard that you’ve all downloaded here in Portuguese) that would transform what was an UK museum standard used by a great amount of museums and museum professionals around the world, in a true international community standard and a reference for museum collections documentation...