Tags

Related Posts

Share This

Nunca é tarde…

Numa destas tardes em que não apetece fazer o trabalho rotineiro que temos em mãos, dei por mim a verificar a caixa de correio electrónico à procura dos indesejados e-mails com anexos de muitos mega para ver se minimizava o espaço que aquilo me ocupa no disco e cheguei a um antigo mail com um referência à tese de doutoramento da Marta Lourenço.

Recordo-me de ter dito, quando me enviaram aquele mail e acedi ao endereço, que assim que acabasse a minha tese faria o mesmo. Não por qualquer narcisismo ou vaidade, mas porque acho que o conhecimento (mesmo que possa vir a ser alvo de contestação) deve estar acessível a todos. E nada melhor que a web para o fazer.

Naquela tarde reli algumas partes da tese da Marta e devo confessar que acho a tese um dos melhores trabalhos sobre colecções que tenho lido nos últimos tempos. Caso não conheçam (o que será estranho 🙂 ), aconselho vivamente.