Tags

Related Posts

Share This

Fim de férias

Devo confessar que este ano estava mesmo precisado de férias. Desde o fim da tese que não tinha tido ainda um período mais longo de descanso (claro que nem estou a contar com a licença de paternidade, porque aí o descanso é ultrapassado pela ansiedade e preocupação própria dos pais de primeiro rebento). Estava tão necessitado que acabei por me esquecer de colocar aqui (tirando uma pequena referência no post anterior) o famigerado post “vou para férias… e estou em modo off”.

Mas nada que não se consiga resolver com este post. Afinal o anúncio do retorno de férias, ainda que tenham sido curtas, pode saber tão bem quanto melhor as tenhamos aproveitado. E eu tendo a aproveitar as minhas. Descanso e mais descanso, porque até final do ano vou ter muito com que me cansar de novo.

Até ver estão já planeadas uma ida à Grécia (Atenas) para assistir à Conferência Anual* do CIDOC (International Committee for Museum Documentation do ICOM) já no próximo sábado (dia 13), uma ida a Cascais para assistir ao encontro “Arqueologia e Autarquias” organizado pela APA em parceria com a Câmara Municipal de Cascais (25 a 27 de Setembro), uma outra viagem a Burgos para assistir à apresentação de um projecto do Centro de Arte da Caja de Burgos, o EITEC que a Sistemas do Futuro, o ISQ e a Conservar Inovar organizam, desta vez em parceria com a Faculdade de Letras da Universidade do Porto e a Câmara Municipal do Porto e, last but not least, a feira ARPA em Valladolid que decorre entre os dias 30 de Outubro e 2 de Novembro.

Fiquei cansado só de escrever o parágrafo anterior. Acho que tenho de ir de férias de novo 🙂

* Por acaso não há por aí ninguém que vá também ao CIDOC?