Tags

Related Posts

Share This

Joel Serrão

Nunca tive a sorte de o conhecer pessoalmente. Recordo-me, no entanto, do muito que aprendi com a sua bibliografia, de leitura incontornável para quem quer saber história portuguesa do Séc. XIX, e das discussões que geravam as ideias e pontos de vista que apresentava sobre as mais diversas matérias.

Fica a historiografia portuguesa mais pobre com a morte de um grande mestre a quem não podia deixar de prestar aqui uma homenagem.