Tags

Related Posts

Share This

Apresentação do Index Rerum na UP II

Apresentação da solução Index Rerum pelo Prof. Doutor Sérgio Lira e implementação na Universidade do Porto.

Update

1. Ajusta-se a qualquer modelo e tipo de património;

2. todas as instâncias são relacionáveis;

3. compatível com todos os standards;

4. baseado no CRM do CIDOC;

5. estrutura cliente/servidor;

6. sem aplicação específica no cliente (web based service);

7. diferentes níveis de acesso e permissões;

8. funciona em sistemas operativos distintos (windows e Linux);

9. número ilimitado de utilizadores (sem licenciamento aplicação);

10. importa e exporta dados em formato standard (?);

11. permite utilização sem acesso à internet.

Update II

12 instituições da universidade utilizam a aplicação, com grande diversidade de património.

Update III

Fichas construídas de acordo com as informações que cada objecto tem. Completamente moldadas em relação a cada um dos objectos existentes na universidade.

Relacionadas em cada um dos sítios. Podem obter-se informações sobre todas as pinturas (por exemplo) existentes em todas as colecções da UP.

Terá que permitir uma visão geral das colecções da UP e uma pesquisa geral obtendo resultados em cada uma das colecções e em todas elas.

Permitirá também a gestão da colecção (facilitando a criação de exposições, de relatórios para conservação, etc.)

20.219 objectos na base de dados, sendo que grande parte deles são de importação maciça de dados de outras aplicações (certamente também com formato standard)

Registos por dia 200, registos por mês 4000, registos por investigador 1.440. Números médios do projecto.

Update IV

Funcionalidades:

Pesquisa parametrizável, diferente acesso para público e para quem a está a trabalhar;

Depois voltamos a este assunto que estou a ficar sem bateria. Desculpem.