Tags

Related Posts

Share This

Xavier Perrot

Conheci o Xavier Perrot na primeira realização do EITEC no Museu da Farmácia de Lisboa no longínquo ano de 2004. Desde então fiquei a admirar o seu trabalho e o contributo que deu, através da organização do ICHIM, à utilização das novas tecnologias nas áreas do Património e Cultura. No dia em que o conheci fez uma apresentação no EITEC que deixou todos completamente fascinados, pela forma eficaz e divertida como expunha os problemas e soluções que o trabalho de investigação lhe ia arranjando.

Hoje soube que faleceu, vítima de cancro, a 20 de Julho deste ano e que o próximo ICHIM, em Toronto, lhe vai ser dedicado.

Uma boa homenagem, à qual eu me associo com esta pequena lembrança.