Tags

Related Posts

Share This

Um agradecimento

Não posso deixar de agradecer à Fundação Gulbenkian, neste caso ao Centro de Arte Moderna (que é um grande legado de José Azeredo Perdigão), pela fabulosa exposição “Amadeo Souza-Cardoso (1887-1918) Diálogo de vanguardas” e pelo excelente documento para a história da arte que é o catálogo correspondente.

Pelo que li hoje no Diário Digital a exposição contabilizou um total de 100.117 visitantes e a 1ª edição do catálogo (de 3000 exemplares) esgotou completamente. O reconhecimento óbvio de um excelente trabalho da equipa liderada por Helena Freitas.

O meu mais sincero obrigado por nos possibilitarem a fruição desta exposição.